• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Orientação Vocacional

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Psicólogo Reginaldo Aguiar

Mantenha um Ritmo Equilibrado de Estudos na Reta Final.

Faltando dois meses para os principais vestibulares do país, a pressão começa a ficar cada vez maior, praticamente tudo já foi estudado, ou pelo menos é o que é esperado, e começa o período de revisões. É muito importante saber como se preparar nesta hora para não perder preciosos pontos no vestibular.
O cansaço, estresse, ansiedade e insegurança sem dúvida são os maiores inimigos dos vestibulandos quando o vestibular se aproxima. Algumas dicas podem ajudar nesta reta final:

1) Mantenha um ritmo equilibrado de estudos: Não adianta nada, faltando pouco tempo para o vestibular, estudar todas as matérias que você não estudou durante o ano. Isso lhe deixará nervoso e sem dúvida afetará sua autoconfiança. Continue com sua rotina regular de estudos, não comece a estudar muito mais (ou menos) somente por que o vestibular está se aproximando. E lembre-se: “Você não precisa saber de absolutamente tudo.”
2) Revise a matéria e faça provas de vestibulares anteriores: Aproveite estes últimos meses para revisar a matéria, tire suas dúvidas com amigos, professores e até mesmo através da internet. Leia resumos das matérias que já foram estudadas e faça alguns exercícios. Procure resolver simulados e vestibulares de anos anteriores. Quem adotou um sistema de estudos durante o ano, o momento é de lapidar, fazer uma revisão dos conteúdos. Já para aqueles que não tiveram um ritmo de estudo e que querem tirar proveito do tempo que resta, é bom ver o estilo de prova da faculdade para a qual vai tentar ingressar e tentar solucionar as questões. A revisão serve mais para a auto-estima do aluno do que para aprender algo. Ver coisas novas não é uma boa opção para este momento.
3) Atualidades: Quem leu jornais durante o ano se manteve atualizado. Descubra os principais temas que poderão ser abordados no vestibular. Eles poderão ser pedidos nas questões ou até mesmo na redação.
4) Interpretação de texto: Grande parte das questões do vestibular envolve interpretação de textos. Leia bastante. Para interpretar bem um texto você deve lê-lo com calma; anote os principais pontos abordados no texto em questão. Treine o esquema de redação. Descubra argumentos e saiba como defendê-los. No caso de questões de exatas, anote os valores e informações dadas pelo texto.
5) Descanse: Para obter um bom desempenho nos estudos e no vestibular é importante estar descansado. Durma de 7 a 9 horas por noite. Dormir não é apenas uma necessidade de descanso mental e físico: durante o sono ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, pode afetar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, em longo prazo. Quem dorme pouco ou dorme mal tem seu desempenho seriamente comprometido durante os estudos, tornando-se desatento e distraído. Estude o que puder, mas, quando bater o cansaço físico e mental, feche o livro e vá relaxar. Durma bem. Com o corpo descansado, seu estudo renderá mais. Não tome estimulantes para se manter acordado, eles só vão adiar a sensação de cansaço. Dormir na mesma hora, acordar na mesma hora, ter um ritmo legal, saudável. Tente não comprometer todo o ano de estudos em baladas até altas horas da madrugada

6) Atividades Físicas: Não somente seu cérebro, mas todo seu corpo precisa de atividade durante o período de estudos. Pratique esportes de baixo impacto, que não lhe deixarão fatigados para o estudo. Caminhe, ande de bicicleta ou faça qualquer outra atividade física. Isso lhe trará maior disposição para os estudos.
7) Informe-se: Mantenha-se informado sobre o vestibular para não ter surpresas. Procure saber com bastante antecedência o local e horário de prova e planeje-se para chegar no horário neste dia.
8) Trabalhar em cima das deficiências: Muitos alunos se atem apenas à disciplina da área que gosta. Os pontos em qualquer matéria tem o mesmo valor. Principalmente na primeira fase. Quem presta cursos concorridos tem sempre que pensar nisso.
9) Suporte dos pais: Alguns pais são omissos, outros ameaçam o estudante, dizendo que, se ele não passar, terá que trabalhar no ano que vem. De nada adianta. Os pais têm que oferecer suporte neste momento de insegurança.
10) Programação: Organize seu tempo e faça um cronograma de estudo. Divida o tempo entre as aulas, a revisão e os exercícios. Isso lhe dará mais segurança para enfrentar as provas.
11) Lugares tranqüilos: Escolha lugares tranqüilos e silenciosos para estudar.
12) Alimentação adequada: Uma alimentação equilibrada neste momento é fundamental para fornecer energia para o corpo e cérebro. O ideal é consumir, em quantidades moderadas, alimentos fontes de carboidratos, como pães, biscoitos, cereais, arroz, batata e macarrão.
13) Água: Beba muita água, em média, oito copos por dia.
14) Planeje a ordem das provas: A média de tempo para cada questão costuma ser de três minutos. Leia com atenção, resolva o que sabe e deixe o conteúdo que não sabe para o fim.
15) Mantenha calma: Embora não exista uma fórmula perfeita para passar no vestibular, a primeira recomendação dos especialistas é: mantenha a calma. Não adianta antecipar a tensão. Portanto, descanse a cabeça. "Controlar a ansiedade é o mais importante. Reduzir a tensão, no entanto, não significa abandonar completamente os estudos. Revisar o que foi aprendido pode ser benéfico, inclusive, para acalmar o candidato. Rever os conteúdos aprendidos e perceber que eles efetivamente foram absorvidos pode ser extremamente motivante para os estudantes. Não se engane, porém. O que era para ser aprendido, já foi. Não adianta, agora, devorar os livros tentando acrescentar novos conceitos que, além de serem mal-compreendidos, ainda impedirão a revisão dos demais.

Copyright © 2008 Reginaldo do Carmo Aguiar. Todos os direitos reservados.
----------------------------------------------------------------------------------
Reginaldo do Carmo Aguiar é psicólogo clínico comportamental no Instituto de Terapia de Contingências de Reforçamento de Campinas-SP e estudioso do comportamento humano e das neurociências.
Telefone da clínica: 32941960 / 32948544 / 32940529 / 32955238.
Endereço: Rua Josefina Sarmento, 387-395 Cambuí - Campinas–SP.
Email: [email protected]
Blog: http://www.psicopoesia.blogspot.com/

www.oficinadoestudante.com.br


Mantenha um Ritmo Equilibrado de Estudos na Reta Final.

Faltando dois meses para os principais vestibulares do país, a pressão começa a ficar cada vez maior, praticamente tudo já foi estudado, ou pelo menos é o que é esperado, e começa o período de revisões. É muito importante saber como se preparar nesta hora para não perder preciosos pontos no vestibular.
O cansaço, estresse, ansiedade e insegurança sem dúvida são os maiores inimigos dos vestibulandos quando o vestibular se aproxima. Algumas dicas podem ajudar nesta reta final:

1) Mantenha um ritmo equilibrado de estudos: Não adianta nada, faltando pouco tempo para o vestibular, estudar todas as matérias que você não estudou durante o ano. Isso lhe deixará nervoso e sem dúvida afetará sua autoconfiança. Continue com sua rotina regular de estudos, não comece a estudar muito mais (ou menos) somente por que o vestibular está se aproximando. E lembre-se: “Você não precisa saber de absolutamente tudo.”
2) Revise a matéria e faça provas de vestibulares anteriores: Aproveite estes últimos meses para revisar a matéria, tire suas dúvidas com amigos, professores e até mesmo através da internet. Leia resumos das matérias que já foram estudadas e faça alguns exercícios. Procure resolver simulados e vestibulares de anos anteriores. Quem adotou um sistema de estudos durante o ano, o momento é de lapidar, fazer uma revisão dos conteúdos. Já para aqueles que não tiveram um ritmo de estudo e que querem tirar proveito do tempo que resta, é bom ver o estilo de prova da faculdade para a qual vai tentar ingressar e tentar solucionar as questões. A revisão serve mais para a auto-estima do aluno do que para aprender algo. Ver coisas novas não é uma boa opção para este momento.
3) Atualidades: Quem leu jornais durante o ano se manteve atualizado. Descubra os principais temas que poderão ser abordados no vestibular. Eles poderão ser pedidos nas questões ou até mesmo na redação.
4) Interpretação de texto: Grande parte das questões do vestibular envolve interpretação de textos. Leia bastante. Para interpretar bem um texto você deve lê-lo com calma; anote os principais pontos abordados no texto em questão. Treine o esquema de redação. Descubra argumentos e saiba como defendê-los. No caso de questões de exatas, anote os valores e informações dadas pelo texto.
5) Descanse: Para obter um bom desempenho nos estudos e no vestibular é importante estar descansado. Durma de 7 a 9 horas por noite. Dormir não é apenas uma necessidade de descanso mental e físico: durante o sono ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, pode afetar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, em longo prazo. Quem dorme pouco ou dorme mal tem seu desempenho seriamente comprometido durante os estudos, tornando-se desatento e distraído. Estude o que puder, mas, quando bater o cansaço físico e mental, feche o livro e vá relaxar. Durma bem. Com o corpo descansado, seu estudo renderá mais. Não tome estimulantes para se manter acordado, eles só vão adiar a sensação de cansaço. Dormir na mesma hora, acordar na mesma hora, ter um ritmo legal, saudável. Tente não comprometer todo o ano de estudos em baladas até altas horas da madrugada

6) Atividades Físicas: Não somente seu cérebro, mas todo seu corpo precisa de atividade durante o período de estudos. Pratique esportes de baixo impacto, que não lhe deixarão fatigados para o estudo. Caminhe, ande de bicicleta ou faça qualquer outra atividade física. Isso lhe trará maior disposição para os estudos.
7) Informe-se: Mantenha-se informado sobre o vestibular para não ter surpresas. Procure saber com bastante antecedência o local e horário de prova e planeje-se para chegar no horário neste dia.
8) Trabalhar em cima das deficiências: Muitos alunos se atem apenas à disciplina da área que gosta. Os pontos em qualquer matéria tem o mesmo valor. Principalmente na primeira fase. Quem presta cursos concorridos tem sempre que pensar nisso.
9) Suporte dos pais: Alguns pais são omissos, outros ameaçam o estudante, dizendo que, se ele não passar, terá que trabalhar no ano que vem. De nada adianta. Os pais têm que oferecer suporte neste momento de insegurança.
10) Programação: Organize seu tempo e faça um cronograma de estudo. Divida o tempo entre as aulas, a revisão e os exercícios. Isso lhe dará mais segurança para enfrentar as provas.
11) Lugares tranqüilos: Escolha lugares tranqüilos e silenciosos para estudar.
12) Alimentação adequada: Uma alimentação equilibrada neste momento é fundamental para fornecer energia para o corpo e cérebro. O ideal é consumir, em quantidades moderadas, alimentos fontes de carboidratos, como pães, biscoitos, cereais, arroz, batata e macarrão.
13) Água: Beba muita água, em média, oito copos por dia.
14) Planeje a ordem das provas: A média de tempo para cada questão costuma ser de três minutos. Leia com atenção, resolva o que sabe e deixe o conteúdo que não sabe para o fim.
15) Mantenha calma: Embora não exista uma fórmula perfeita para passar no vestibular, a primeira recomendação dos especialistas é: mantenha a calma. Não adianta antecipar a tensão. Portanto, descanse a cabeça. "Controlar a ansiedade é o mais importante. Reduzir a tensão, no entanto, não significa abandonar completamente os estudos. Revisar o que foi aprendido pode ser benéfico, inclusive, para acalmar o candidato. Rever os conteúdos aprendidos e perceber que eles efetivamente foram absorvidos pode ser extremamente motivante para os estudantes. Não se engane, porém. O que era para ser aprendido, já foi. Não adianta, agora, devorar os livros tentando acrescentar novos conceitos que, além de serem mal-compreendidos, ainda impedirão a revisão dos demais.

Copyright © 2008 Reginaldo do Carmo Aguiar. Todos os direitos reservados.
----------------------------------------------------------------------------------
Reginaldo do Carmo Aguiar é psicólogo clínico comportamental no Instituto de Terapia de Contingências de Reforçamento de Campinas-SP e estudioso do comportamento humano e das neurociências.
Telefone da clínica: 32941960 / 32948544 / 32940529 / 32955238.
Endereço: Rua Josefina Sarmento, 387-395 Cambuí - Campinas–SP.
Email: [email protected]
Blog: http://www.psicopoesia.blogspot.com/

www.oficinadoestudante.com.br