• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Tira Dúvidas

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

O que é toxoplasmose?

20 de Maio de 2019

Por Patrícia Lopes Dantas/ Mundo Educação 
Imagem: Shutterstock

A toxoplasmose é uma doença infecciosa bastante comum, pode ocorrer em qualquer idade e é causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii.

Possui os índices de prevalência mais altos do mundo, e, em saúde pública, é mais séria do que a AIDS.

Possui as seguintes vias de transmissão:

- ingestão de cistos na carne crua ou mal cozida de animais portadores (em humanos, essa é a forma mais comum de contaminação);

- ingestão de oocistos oriundos de fezes de gatos (se dá pelo contato com o solo ou verduras contaminados ou por manusear areia);

- infecção transplacentária (ocorre através da placenta quando a gestante tem seu primeiro contato com o toxoplasma e este ataca o feto).

Os sintomas mais comuns são febre, mal-estar e dores musculares e podem persistir por alguns dias e até semanas.

O diagnóstico é pouco fidedigno, pois os sintomas são parecidos com os da gripe, sendo basicamente sorológico, pois cerca de 90% dos casos são assintomáticos.

 As formas de prevenção são: cozinhar bem a carne; lavar bem as mãos, utensílios e superfície depois do contato com a carne crua; lavar bem frutas e verduras; evitar leite cru. 

A toxoplasmose se manifesta freqüentemente no cérebro e nos olhos.

O tratamento é à base de antibióticos como as sulfonamidas, pirimetamina e clindamicina. 


Por Patrícia Lopes Dantas/ Mundo Educação 
Imagem: Shutterstock

A toxoplasmose é uma doença infecciosa bastante comum, pode ocorrer em qualquer idade e é causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii.

Possui os índices de prevalência mais altos do mundo, e, em saúde pública, é mais séria do que a AIDS.

Possui as seguintes vias de transmissão:

- ingestão de cistos na carne crua ou mal cozida de animais portadores (em humanos, essa é a forma mais comum de contaminação);

- ingestão de oocistos oriundos de fezes de gatos (se dá pelo contato com o solo ou verduras contaminados ou por manusear areia);

- infecção transplacentária (ocorre através da placenta quando a gestante tem seu primeiro contato com o toxoplasma e este ataca o feto).

Os sintomas mais comuns são febre, mal-estar e dores musculares e podem persistir por alguns dias e até semanas.

O diagnóstico é pouco fidedigno, pois os sintomas são parecidos com os da gripe, sendo basicamente sorológico, pois cerca de 90% dos casos são assintomáticos.

 As formas de prevenção são: cozinhar bem a carne; lavar bem as mãos, utensílios e superfície depois do contato com a carne crua; lavar bem frutas e verduras; evitar leite cru. 

A toxoplasmose se manifesta freqüentemente no cérebro e nos olhos.

O tratamento é à base de antibióticos como as sulfonamidas, pirimetamina e clindamicina. 

Conheça outras atividades

Saiba Mais