• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Tira Dúvidas

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Quais são as principais causas de morte no mundo?

14 de Maio de 2019

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Brasil Escola  

Neste texto, apresentaremos as dez principais causas de morte no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). 

O ranking foi criado a partir dos dados coletados em 2016 pela OMS, quando foram registrados 56,9 milhões de mortes, e com eles podemos perceber que os problemas cardiovasculares são as principais causas de morte no planeta. 

Vale destacar que alguns desses problemas poderiam ser evitados com a redução de comportamentos de riscos, como fumar, não praticar exercícios físicos e alimentação inadequada.

As dez principais causas de morte no mundo são:

1ª → Cardiopatia isquêmica

2ª → Acidente vascular cerebral (AVC)

3ª → Doença pulmonar obstrutiva crônica

4ª → Infecções das vias respiratórias inferiores

5ª → Alzheimer e outras demências

6ª → Câncer de pulmão, traqueia e brônquios

7ª → Diabetes mellitus

8ª → Acidentes de trânsito

9ª → Doenças diarreicas

10ª → Tuberculose

→ Cardiopatia isquêmica

A cardiopatia isquêmica é um problema grave de saúde desencadeado pela obstrução dos vasos que levam sangue para o coração e que possui como principal causa a aterosclerose. 

Comumente, a cardiopatia isquêmica causa a chamada angina de peito ou angina pectoris, uma dor no peito que ocorre como consequência da redução do fluxo sanguíneo para o coração. Ela pode causar ainda infarto, arritmia, insuficiência cardíaca e morte súbita.

→ Acidente vascular cerebral

O acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como acidente vascular encefálico ou  derrame, é um problema que pode ser classificado em dois tipos: o isquêmico e o hemorrágico. 

No acidente vascular cerebral isquêmico, o que ocorre é a falta de sangue chegando a uma determinada parte do encéfalo devido a uma obstrução. 

Já o acidente vascular cerebral hemorrágico é o rompimento de vasos que causa um sangramento local. Independentemente do tipo de AVC, alguma área do encéfalo é afetada pela falta de irrigação sanguínea. As consequências desse problema dependem do local atingido.

→ Doença pulmonar obstrutiva crônica

O uso de cigarro afeta tanto o sistema cardiovascular quanto o sistema respiratório.

O uso de cigarro afeta tanto o sistema cardiovascular quanto o sistema respiratório.

A doença pulmonar obstrutiva crônica é caracterizada pela resposta inflamatória anormal dos pulmões. A doença ocorre geralmente por uma exposição prolongada a substâncias irritantes ou material particulado. 

O uso de cigarro está fortemente relacionado a esse problema, que desencadeia no paciente tosse, falta de ar, chiado no peito e expectoração. Esses sintomas afetam negativamente a vida do paciente, uma vez que a falta de ar pode dificultar até mesmo a realização de atividades corriqueiras.

→ Infecções das vias respiratórias inferiores

As infecções das vias respiratórias inferiores incluem problemas como a bronquite e a pneumonia. 

A bronquite é uma doença caracterizada pela inflamação dos brônquios e pode ter diferentes causas. A bronquite aguda é geralmente causada por vírus, sendo seus sintomas a tosse, chiado no peito, dificuldade de respirar, febre e calafrios. Já a pneumonia é caracterizada por ser uma infecção nos pulmões. 

Dentre seus sintomas, podemos destacar a febre, tosse, dor torácica, fraqueza e falta de ar.

→ Alzheimer e outras demências

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que apresenta como primeiro sintoma a deficiência de memória recente. 

Caso esse problema progrida, haverá um agravamento no risco de morte dos pacientes, uma vez que passam a não reconhecer pessoas próximas, apresentam dificuldade para atividades simples, como se vestir, dificuldade para se orientar no tempo e no espaço, e alterações no comportamento, percepção da realidade e até mesmo no apetite. A doença de Alzheimer é progressiva e fatal e pode causar um quadro de demência (doenças que causam prejuízo cognitivo).

→ Câncer de pulmão, traqueia e brônquios

O câncer de pulmão, traqueia e brônquios são tipos de neoplasias malignas, ou seja, são doenças desencadeadas pelo crescimento descontrolado das células desses locais e formação de tumores com células diferentes das que as originaram, que são capazes de invadir tecidos e provocar  metástases. Esses três tipos de câncer destacam-se por terem como sua principal causa o tabagismo.

→ Diabetes mellitus

O diabetes mellitus é uma doença caracterizada pelo aumento dos níveis de glicose no sangue. Esse problema pode ser desencadeado por defeitos na produção do hormônio insulina ou problemas em sua ação. Os principais tipos de diabetes são o tipo 1 e o tipo 2.

O tipo 1 é ocasionado pela destruição das células do pâncreas responsáveis pela produção de insulina. Já o tipo 2 está relacionado a uma dificuldade do corpo de utilizar a insulina que produz ou ainda pela baixa produção do hormônio, que não é suficiente para reduzir os níveis de glicose sanguínea.

→ Acidentes de trânsito

Os acidentes de trânsito são também uma importante causa de morte em todo o mundo. De acordo com a OMS, cerca de 1,35 milhão de pessoas morrem a todo ano em decorrência desses acidentes. 

A maioria das mortes são observadas naqueles indivíduos que são mais vulneráveis nas vias, tais como pedestres, motociclistas e ciclistas.

Geralmente esses acidentes estão relacionados com a falta de respeito com as leis de trânsito, sendo comuns acidentes relacionados com a alta velocidade, uso de álcool e outras substâncias, além da não utilização de cinto de segurança ou capacetes.

→ Doenças diarreicas

As doenças diarreicas podem ter diversas causas, tais como vírus e bactérias, e são caracterizadas pelo aumento do número de evacuações e diminuição da consistência das fezes. 

Vale salientar que, em algumas situações, essas doenças podem desencadear vômitos e náusea. O paciente com diarreias intensas pode apresentar um quadro de desidratação e ter complicações, como a morte.

→ Tuberculose

A tuberculose é uma doença grave causada por uma bactéria (Mycobacterium tuberculosis) que atinge, principalmente, os pulmões. Essa doença causa tosse seca ou produtiva, febre, emagrecimento e fadiga. 

Vale destacar que essa doença é contagiosa. Esse contágio pode ser pelo ar, uma vez que, ao falar, tossir ou espirrar, a pessoa com tuberculose pode lançar no ar gotículas com a presença dessas bactérias.


Por Vanessa Sardinha dos Santos
Brasil Escola  

Neste texto, apresentaremos as dez principais causas de morte no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). 

O ranking foi criado a partir dos dados coletados em 2016 pela OMS, quando foram registrados 56,9 milhões de mortes, e com eles podemos perceber que os problemas cardiovasculares são as principais causas de morte no planeta. 

Vale destacar que alguns desses problemas poderiam ser evitados com a redução de comportamentos de riscos, como fumar, não praticar exercícios físicos e alimentação inadequada.

As dez principais causas de morte no mundo são:

1ª → Cardiopatia isquêmica

2ª → Acidente vascular cerebral (AVC)

3ª → Doença pulmonar obstrutiva crônica

4ª → Infecções das vias respiratórias inferiores

5ª → Alzheimer e outras demências

6ª → Câncer de pulmão, traqueia e brônquios

7ª → Diabetes mellitus

8ª → Acidentes de trânsito

9ª → Doenças diarreicas

10ª → Tuberculose

→ Cardiopatia isquêmica

A cardiopatia isquêmica é um problema grave de saúde desencadeado pela obstrução dos vasos que levam sangue para o coração e que possui como principal causa a aterosclerose. 

Comumente, a cardiopatia isquêmica causa a chamada angina de peito ou angina pectoris, uma dor no peito que ocorre como consequência da redução do fluxo sanguíneo para o coração. Ela pode causar ainda infarto, arritmia, insuficiência cardíaca e morte súbita.

→ Acidente vascular cerebral

O acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como acidente vascular encefálico ou  derrame, é um problema que pode ser classificado em dois tipos: o isquêmico e o hemorrágico. 

No acidente vascular cerebral isquêmico, o que ocorre é a falta de sangue chegando a uma determinada parte do encéfalo devido a uma obstrução. 

Já o acidente vascular cerebral hemorrágico é o rompimento de vasos que causa um sangramento local. Independentemente do tipo de AVC, alguma área do encéfalo é afetada pela falta de irrigação sanguínea. As consequências desse problema dependem do local atingido.

→ Doença pulmonar obstrutiva crônica

O uso de cigarro afeta tanto o sistema cardiovascular quanto o sistema respiratório.

O uso de cigarro afeta tanto o sistema cardiovascular quanto o sistema respiratório.

A doença pulmonar obstrutiva crônica é caracterizada pela resposta inflamatória anormal dos pulmões. A doença ocorre geralmente por uma exposição prolongada a substâncias irritantes ou material particulado. 

O uso de cigarro está fortemente relacionado a esse problema, que desencadeia no paciente tosse, falta de ar, chiado no peito e expectoração. Esses sintomas afetam negativamente a vida do paciente, uma vez que a falta de ar pode dificultar até mesmo a realização de atividades corriqueiras.

→ Infecções das vias respiratórias inferiores

As infecções das vias respiratórias inferiores incluem problemas como a bronquite e a pneumonia. 

A bronquite é uma doença caracterizada pela inflamação dos brônquios e pode ter diferentes causas. A bronquite aguda é geralmente causada por vírus, sendo seus sintomas a tosse, chiado no peito, dificuldade de respirar, febre e calafrios. Já a pneumonia é caracterizada por ser uma infecção nos pulmões. 

Dentre seus sintomas, podemos destacar a febre, tosse, dor torácica, fraqueza e falta de ar.

→ Alzheimer e outras demências

O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que apresenta como primeiro sintoma a deficiência de memória recente. 

Caso esse problema progrida, haverá um agravamento no risco de morte dos pacientes, uma vez que passam a não reconhecer pessoas próximas, apresentam dificuldade para atividades simples, como se vestir, dificuldade para se orientar no tempo e no espaço, e alterações no comportamento, percepção da realidade e até mesmo no apetite. A doença de Alzheimer é progressiva e fatal e pode causar um quadro de demência (doenças que causam prejuízo cognitivo).

→ Câncer de pulmão, traqueia e brônquios

O câncer de pulmão, traqueia e brônquios são tipos de neoplasias malignas, ou seja, são doenças desencadeadas pelo crescimento descontrolado das células desses locais e formação de tumores com células diferentes das que as originaram, que são capazes de invadir tecidos e provocar  metástases. Esses três tipos de câncer destacam-se por terem como sua principal causa o tabagismo.

→ Diabetes mellitus

O diabetes mellitus é uma doença caracterizada pelo aumento dos níveis de glicose no sangue. Esse problema pode ser desencadeado por defeitos na produção do hormônio insulina ou problemas em sua ação. Os principais tipos de diabetes são o tipo 1 e o tipo 2.

O tipo 1 é ocasionado pela destruição das células do pâncreas responsáveis pela produção de insulina. Já o tipo 2 está relacionado a uma dificuldade do corpo de utilizar a insulina que produz ou ainda pela baixa produção do hormônio, que não é suficiente para reduzir os níveis de glicose sanguínea.

→ Acidentes de trânsito

Os acidentes de trânsito são também uma importante causa de morte em todo o mundo. De acordo com a OMS, cerca de 1,35 milhão de pessoas morrem a todo ano em decorrência desses acidentes. 

A maioria das mortes são observadas naqueles indivíduos que são mais vulneráveis nas vias, tais como pedestres, motociclistas e ciclistas.

Geralmente esses acidentes estão relacionados com a falta de respeito com as leis de trânsito, sendo comuns acidentes relacionados com a alta velocidade, uso de álcool e outras substâncias, além da não utilização de cinto de segurança ou capacetes.

→ Doenças diarreicas

As doenças diarreicas podem ter diversas causas, tais como vírus e bactérias, e são caracterizadas pelo aumento do número de evacuações e diminuição da consistência das fezes. 

Vale salientar que, em algumas situações, essas doenças podem desencadear vômitos e náusea. O paciente com diarreias intensas pode apresentar um quadro de desidratação e ter complicações, como a morte.

→ Tuberculose

A tuberculose é uma doença grave causada por uma bactéria (Mycobacterium tuberculosis) que atinge, principalmente, os pulmões. Essa doença causa tosse seca ou produtiva, febre, emagrecimento e fadiga. 

Vale destacar que essa doença é contagiosa. Esse contágio pode ser pelo ar, uma vez que, ao falar, tossir ou espirrar, a pessoa com tuberculose pode lançar no ar gotículas com a presença dessas bactérias.

Conheça outras atividades

Saiba Mais