Tira Dúvidas

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Dez dúvidas verbais

19 de Junho de 2017

1: A/há

Para indicar tempo passado, usa-se o verbo haver. Caso você fique em dúvida, substitua o verbo haver pelos verbos ter ou fazer: Nós nos conhecemos há dez anos/Nós nos conhecemos faz/tem dez anos.

2: Curti/Curtir (verbo no infinitivo)

Lembre-se: um verbo auxiliar de tempo deve ser seguido, sempre, de um verbo no infinitivo. Observe: Você vai curtir minha nova postagem no Facebook.

3: Descriminar/Discriminar

As duas palavras existem e, embora sejam parecidas, apresentam significados diferentes. Descriminar significa absolver, inocentar, isentar de crime. Exemplo: O deputado pediu a descriminalização (substantivação do verbo descriminar) da maconha para fins terapêuticos.

Discriminar significa distinguir, separar, diferenciar, podendo ou não apresentar o sentido de preconceito: Ex.1: O aluno foi discriminado por gostar de brincar de boneca. Ex.2: Discriminei todos os medicamentos e os coloquei na prateleira.

4: Perda/Perca

Perca é uma flexão do verbo “perder” que aparece na 1ª e na 3ª pessoa do singular do presente do subjuntivo e na 3ª pessoa do singular do imperativo. Exemplo: Não perca o prazo para inscrever-se no Enem.

Perda é um substantivo cujo significado é privar-se de alguém ou de algo que se tinha. Ele sempre virá acompanhado por um artigo, um pronome ou numeral. Veja: Ela sofreu duas perdas em menos de um ano, por isso anda triste.

5: Interviu/Interveio

Derivado do verbo “vir”, o verbo “intervir” segue a regra de conjugação dos verbos simples, embora seja um verbo composto. Muitas pessoas acabam confundindo a conjugação desse verbo com a conjugação do verbo “ver” em virtude de algumas semelhanças morfológicas entre eles. Portanto, o correto é: A Organização das Nações Unidas interveio no conflito do Oriente Médio.

6: Assistir/Assistir a

O verbo “assistir” apresenta mais de um significado. Quando apresentar o sentido de ver, deve ser acompanhado por uma preposição: Eu assisti ao novo filme da Disney no cinema.

Quando apresentar o sentido de ajudar, acompanhar ou assessorar é transitivo direto, ou seja, não possui preposição: Eu assisti uma pessoa na fila do banco (ajudei/assessorei).

7: Adequa/Adequada

Adequar é um verbo defectivo, ou seja, um verbo que apresenta falhas em sua conjugação. No presente do indicativo do verbo “adequar”, são conjugadas apenas a primeira e a segunda pessoas do plural: Ela não é adequada para o perfil da empresa (Ela não se adequa = errado).

8: Aluga-se/Alugam-se

Lembre-se de que o sujeito da oração deve concordar com o verbo. Por exemplo: Alugam-se casas (casas está no plural, portanto, a conjugação correta é alugam-se). Caso haja dúvidas, coloque a oração na voz passiva: Casas são alugadas.

9: Falta/faltam

Assim como na dica anterior, o verbo deve concordar com o sujeito da frase. Exemplo: Falta um dia para o começo das férias/Faltam duas semanas para o começa das férias. Na dúvida, pergunte quem ou o que realiza a ação do verbo: o que é que falta? Falta um dia/faltam duas semanas.

10: Há 15 anos atrás/Há 15 anos

Cuidado com a redundância. Utilizar “há” e “atrás” na mesma frase é um exemplo de pleonasmo. Se optar por um, exclua o outro. Veja: Há 15 anos viajei para o Japão/15 anos atrás viajei para o Japão.

Créditos: Brasil Escola, por Luana Castro, graduada em Letras


1: A/há

Para indicar tempo passado, usa-se o verbo haver. Caso você fique em dúvida, substitua o verbo haver pelos verbos ter ou fazer: Nós nos conhecemos há dez anos/Nós nos conhecemos faz/tem dez anos.

2: Curti/Curtir (verbo no infinitivo)

Lembre-se: um verbo auxiliar de tempo deve ser seguido, sempre, de um verbo no infinitivo. Observe: Você vai curtir minha nova postagem no Facebook.

3: Descriminar/Discriminar

As duas palavras existem e, embora sejam parecidas, apresentam significados diferentes. Descriminar significa absolver, inocentar, isentar de crime. Exemplo: O deputado pediu a descriminalização (substantivação do verbo descriminar) da maconha para fins terapêuticos.

Discriminar significa distinguir, separar, diferenciar, podendo ou não apresentar o sentido de preconceito: Ex.1: O aluno foi discriminado por gostar de brincar de boneca. Ex.2: Discriminei todos os medicamentos e os coloquei na prateleira.

4: Perda/Perca

Perca é uma flexão do verbo “perder” que aparece na 1ª e na 3ª pessoa do singular do presente do subjuntivo e na 3ª pessoa do singular do imperativo. Exemplo: Não perca o prazo para inscrever-se no Enem.

Perda é um substantivo cujo significado é privar-se de alguém ou de algo que se tinha. Ele sempre virá acompanhado por um artigo, um pronome ou numeral. Veja: Ela sofreu duas perdas em menos de um ano, por isso anda triste.

5: Interviu/Interveio

Derivado do verbo “vir”, o verbo “intervir” segue a regra de conjugação dos verbos simples, embora seja um verbo composto. Muitas pessoas acabam confundindo a conjugação desse verbo com a conjugação do verbo “ver” em virtude de algumas semelhanças morfológicas entre eles. Portanto, o correto é: A Organização das Nações Unidas interveio no conflito do Oriente Médio.

6: Assistir/Assistir a

O verbo “assistir” apresenta mais de um significado. Quando apresentar o sentido de ver, deve ser acompanhado por uma preposição: Eu assisti ao novo filme da Disney no cinema.

Quando apresentar o sentido de ajudar, acompanhar ou assessorar é transitivo direto, ou seja, não possui preposição: Eu assisti uma pessoa na fila do banco (ajudei/assessorei).

7: Adequa/Adequada

Adequar é um verbo defectivo, ou seja, um verbo que apresenta falhas em sua conjugação. No presente do indicativo do verbo “adequar”, são conjugadas apenas a primeira e a segunda pessoas do plural: Ela não é adequada para o perfil da empresa (Ela não se adequa = errado).

8: Aluga-se/Alugam-se

Lembre-se de que o sujeito da oração deve concordar com o verbo. Por exemplo: Alugam-se casas (casas está no plural, portanto, a conjugação correta é alugam-se). Caso haja dúvidas, coloque a oração na voz passiva: Casas são alugadas.

9: Falta/faltam

Assim como na dica anterior, o verbo deve concordar com o sujeito da frase. Exemplo: Falta um dia para o começo das férias/Faltam duas semanas para o começa das férias. Na dúvida, pergunte quem ou o que realiza a ação do verbo: o que é que falta? Falta um dia/faltam duas semanas.

10: Há 15 anos atrás/Há 15 anos

Cuidado com a redundância. Utilizar “há” e “atrás” na mesma frase é um exemplo de pleonasmo. Se optar por um, exclua o outro. Veja: Há 15 anos viajei para o Japão/15 anos atrás viajei para o Japão.

Créditos: Brasil Escola, por Luana Castro, graduada em Letras