• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Gramaticando

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

A distância sem crase ou À distância com crase?

22 de Outubro de 2019

“A distância” sem crase ou “À distância” com crase?

Essa expressão gera desacordo até entre gramáticos

Por Taís Ilhéu/ Guia do Estudante
Pixabay/ Lucas Silva/ Guia do Estudante/ Reprodução)

O correto é dizer “ensino a distância” ou “ensino à distância”? Se você ficou em dúvida, saiba que não está sozinho, diversos gramáticos estão nessa com você! Isso mesmo, o uso da crase na expressão é tão polêmico que gera desacordo mesmo entre os estudiosos da língua portuguesa. 

Em linhas gerais, os gramáticos menos tradicionais defendem o uso da crase todas as vezes que a expressão aparece, justamente para evitar ambiguidades na interpretação. Para eles, portanto, seria mais aconselhável escrever “ensino à distância”. 

Por outro lado, os gramáticos clássicos afirmam que nem sempre (como neste caso do ensino) a palavra “distância” vem acompanhada do artigo “a”, e o “a” que aparece é apenas a preposição. Sendo assim, não ocorreria a crase, que é a junção dessas duas letras marcada pelo acento grave (`). Para eles, a regra é utilizar a crase na expressão apenas quando a distância é evidenciada, como nos exemplos:

O shopping ficava à distância de 500 metros do escritório.
Este apartamento é mais valorizado por se encontrar à distância de apenas 100 metros da estação de metrô. 

Vale destacar também que na locução prepositiva “à distância de” o uso da crase é unânime, assim como em outras locuções como “à moda de”, “à maneira de” etc.

Mantenha-se à distância deste tipo de situação!

Por fim, resta concluir que nos casos em que as distâncias não estão explícitas e não se trata da locução prepositiva, o uso da crase é facultativo. Cabe a você decidir se prefere ou não usá-la. 


“A distância” sem crase ou “À distância” com crase?

Essa expressão gera desacordo até entre gramáticos

Por Taís Ilhéu/ Guia do Estudante
Pixabay/ Lucas Silva/ Guia do Estudante/ Reprodução)

O correto é dizer “ensino a distância” ou “ensino à distância”? Se você ficou em dúvida, saiba que não está sozinho, diversos gramáticos estão nessa com você! Isso mesmo, o uso da crase na expressão é tão polêmico que gera desacordo mesmo entre os estudiosos da língua portuguesa. 

Em linhas gerais, os gramáticos menos tradicionais defendem o uso da crase todas as vezes que a expressão aparece, justamente para evitar ambiguidades na interpretação. Para eles, portanto, seria mais aconselhável escrever “ensino à distância”. 

Por outro lado, os gramáticos clássicos afirmam que nem sempre (como neste caso do ensino) a palavra “distância” vem acompanhada do artigo “a”, e o “a” que aparece é apenas a preposição. Sendo assim, não ocorreria a crase, que é a junção dessas duas letras marcada pelo acento grave (`). Para eles, a regra é utilizar a crase na expressão apenas quando a distância é evidenciada, como nos exemplos:

O shopping ficava à distância de 500 metros do escritório.
Este apartamento é mais valorizado por se encontrar à distância de apenas 100 metros da estação de metrô. 

Vale destacar também que na locução prepositiva “à distância de” o uso da crase é unânime, assim como em outras locuções como “à moda de”, “à maneira de” etc.

Mantenha-se à distância deste tipo de situação!

Por fim, resta concluir que nos casos em que as distâncias não estão explícitas e não se trata da locução prepositiva, o uso da crase é facultativo. Cabe a você decidir se prefere ou não usá-la. 

Conheça outras atividades

Saiba Mais