• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Tira Dúvidas

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Por que o Dia da Natureza é comemorado em 4 de outubro? 

04 de Outubro de 2019

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Mundo Educação/ UOL

No dia 04 de outubro, comemora-se o Dia da Natureza, uma data importante para a reflexão a respeito das ações humanas em relação ao meio ambiente.

Essa data foi escolhida porque se trata do dia em que se homenageia São Francisco de Assis, um frade católico que se destacou pelo seu amor à natureza, principalmente aos animais.

→ Importância da natureza para o ser humano
É da natureza que retiramos os recursos necessários para a nossa sobrevivência, tais como alimento e água. É ela também que garante o nosso desenvolvimento econômico, fornecendo-nos as matérias-primas necessárias para a construção de nossas obras, casas, máquinas etc. A natureza, portanto, é essencial para o estabelecimento do homem no planeta.

Apesar de o homem reconhecer a importância da natureza, a exploração exagerada e sem nenhum controle coloca em risco a qualidade e a quantidade de recursos naturais disponíveis no planeta. A poluição, a contaminação e a extinção de espécies são apenas alguns dos exemplos dos impactos gerados pela ação do homem.

→ Impactos negativos à natureza
Os impactos negativos que o homem causa à natureza são muitos. Na maioria das vezes, nem nos damos conta de como nossas atitudes podem prejudicar o meio ambiente. A forma como descartamos o lixo, o tempo no banho e o uso frequente de carros são exemplos de como atividades cotidianas podem afetar de maneira negativa a natureza.

O descarte inadequado de lixo, por exemplo, pode ser responsável pela contaminação das águas e, consequentemente, por deixá-la imprópria para o consumo humano. Já o banho longo pode afetar diretamente a disponibilidade de água, que, em alguns lugares do Brasil e do mundo, é extremamente baixa. Os carros, por sua vez, ao realizarem a queima dos combustíveis, liberam substâncias que poluem a atmosfera e desencadeiam diversas reações no organismo humano.

Além de pequenas atitudes individuais, o meio ambiente encara ainda os impactos em alta escala. Como exemplo desses grandes impactos, podemos citar o desmatamento, que causa, principalmente, a perda de biodiversidade; as queimadas, que poluem o ar e matam os seres vivos; o desenvolvimento de indústrias que lançam produtos tóxicos; e a falta de saneamento básico, que contribui, por exemplo, para o lançamento de esgoto nos mares, poluindo e contaminando a água.

→ Medidas para reduzir os impactos negativos à natureza
Os impactos negativos do homem no meio ambiente são responsáveis, por exemplo, pela diminuição da diversidade de espécies, da disponibilidade de recursos e também por mudanças climáticas drásticas. Diante dos problemas causados pelos impactos negativos, é importante que algumas medidas sejam tomadas pela sociedade civil e também pelos governantes.

Entre as medidas que podemos tomar para diminuir nosso impacto negativo, destacam-se:

- Trocar o carro por bicicleta é uma forma de diminuir a poluição atmosférica.

- Separar adequadamente o lixo que pode ser reciclado para que possa ser recolhido pela coleta seletiva. Caso a coleta não esteja disponível em sua cidade, é importante entregar em cooperativas ou postos de coleta.

- Não desperdiçar água e energia.

- Evitar o consumo excessivo de carne, pois a produção causa vários danos ambientais, inclusive o gasto excessivo de água.

- Optar sempre por produtos produzidos por meio da agricultura orgânica, que são livres de agrotóxicos.

- Sempre que possível, optar por não utilizar automóveis. Dê preferencia a bicicletas, transporte público ou até mesmo a uma caminhada.

- Não cooperar com a venda e tráfico ilegal de espécies da nossa fauna e flora.

- Observar e optar sempre por comprar produtos de empresas que estão envolvidas com programas de responsabilidade socioambiental.

Aproveite o Dia da Natureza e comece a colocar em prática algumas dessas dicas. Se todos fizerem a sua parte, deixaremos um planeta mais saudável para as próximas gerações. 


Por Vanessa Sardinha dos Santos
Mundo Educação/ UOL

No dia 04 de outubro, comemora-se o Dia da Natureza, uma data importante para a reflexão a respeito das ações humanas em relação ao meio ambiente.

Essa data foi escolhida porque se trata do dia em que se homenageia São Francisco de Assis, um frade católico que se destacou pelo seu amor à natureza, principalmente aos animais.

→ Importância da natureza para o ser humano
É da natureza que retiramos os recursos necessários para a nossa sobrevivência, tais como alimento e água. É ela também que garante o nosso desenvolvimento econômico, fornecendo-nos as matérias-primas necessárias para a construção de nossas obras, casas, máquinas etc. A natureza, portanto, é essencial para o estabelecimento do homem no planeta.

Apesar de o homem reconhecer a importância da natureza, a exploração exagerada e sem nenhum controle coloca em risco a qualidade e a quantidade de recursos naturais disponíveis no planeta. A poluição, a contaminação e a extinção de espécies são apenas alguns dos exemplos dos impactos gerados pela ação do homem.

→ Impactos negativos à natureza
Os impactos negativos que o homem causa à natureza são muitos. Na maioria das vezes, nem nos damos conta de como nossas atitudes podem prejudicar o meio ambiente. A forma como descartamos o lixo, o tempo no banho e o uso frequente de carros são exemplos de como atividades cotidianas podem afetar de maneira negativa a natureza.

O descarte inadequado de lixo, por exemplo, pode ser responsável pela contaminação das águas e, consequentemente, por deixá-la imprópria para o consumo humano. Já o banho longo pode afetar diretamente a disponibilidade de água, que, em alguns lugares do Brasil e do mundo, é extremamente baixa. Os carros, por sua vez, ao realizarem a queima dos combustíveis, liberam substâncias que poluem a atmosfera e desencadeiam diversas reações no organismo humano.

Além de pequenas atitudes individuais, o meio ambiente encara ainda os impactos em alta escala. Como exemplo desses grandes impactos, podemos citar o desmatamento, que causa, principalmente, a perda de biodiversidade; as queimadas, que poluem o ar e matam os seres vivos; o desenvolvimento de indústrias que lançam produtos tóxicos; e a falta de saneamento básico, que contribui, por exemplo, para o lançamento de esgoto nos mares, poluindo e contaminando a água.

→ Medidas para reduzir os impactos negativos à natureza
Os impactos negativos do homem no meio ambiente são responsáveis, por exemplo, pela diminuição da diversidade de espécies, da disponibilidade de recursos e também por mudanças climáticas drásticas. Diante dos problemas causados pelos impactos negativos, é importante que algumas medidas sejam tomadas pela sociedade civil e também pelos governantes.

Entre as medidas que podemos tomar para diminuir nosso impacto negativo, destacam-se:

- Trocar o carro por bicicleta é uma forma de diminuir a poluição atmosférica.

- Separar adequadamente o lixo que pode ser reciclado para que possa ser recolhido pela coleta seletiva. Caso a coleta não esteja disponível em sua cidade, é importante entregar em cooperativas ou postos de coleta.

- Não desperdiçar água e energia.

- Evitar o consumo excessivo de carne, pois a produção causa vários danos ambientais, inclusive o gasto excessivo de água.

- Optar sempre por produtos produzidos por meio da agricultura orgânica, que são livres de agrotóxicos.

- Sempre que possível, optar por não utilizar automóveis. Dê preferencia a bicicletas, transporte público ou até mesmo a uma caminhada.

- Não cooperar com a venda e tráfico ilegal de espécies da nossa fauna e flora.

- Observar e optar sempre por comprar produtos de empresas que estão envolvidas com programas de responsabilidade socioambiental.

Aproveite o Dia da Natureza e comece a colocar em prática algumas dessas dicas. Se todos fizerem a sua parte, deixaremos um planeta mais saudável para as próximas gerações. 

Conheça outras atividades

Saiba Mais