• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp

Profisses

Administrao

A Administrao uma cincia jovem, possui pouco mais de cem anos. Entretanto, ela a principal causadora do impressionante aumento da riqueza que aconteceu no sculo XX e do extraordinrio aumento da qualidade de vida no mundo moderno. notvel que cada vez mais outras cincias necessitam da Administrao para a transformao de idias, pesquisas e descobertas em produtos, servios, informaes, entretenimentos, sade e segurana a serem consumidos pela sociedade. As recentes descobertas da medicina, das tecnologias e das comunicaes necessitam de organizaes com boa Administrao para transform-las em produtos e servios disponveis no mercado. Alm disso, as cidades, os estados e as naes dependem cada vez mais da Administrao para alcanar nveis de excelncia em qualidade de vida e preservao do meio ambiente.


Portanto, hoje os desafios dos gestores so cada vez maiores devido ao aumento da complexidade das organizaes e suas relaes com o mundo. Assim, o administrador deve possuir uma formao abrangente e dominar tcnicas que permitam tratar a complexidade com eficincia e eficcia. O curso de Administrao envolve diversas reas tradicionais como o Marketing, as Finanas, a Estratgia, a Gesto de Pessoas e a Produo, bem como reas emergentes como a aplicao de ferramentas de suporte deciso nas empresas.


Exemplos de disciplinas dos cursos de Administrao com contedos na rea humanista: Filosofia, Sociologia, Direito, Gesto de Pessoas, Teoria das Organizaes, Empreendedorismo, dentre outras. Exemplos de carter profissionalizante: Finanas, Marketing, Tecnologia da Informao, Contabilidade, Logstica, Economia, Gesto da Produo, Administrao de Servios, Estratgia Empresarial, dentre outras.


O curso de Administrao, por ser abrangente, concebe profissionais capacitados para a carreira executiva e tambm para o empreendedorismo. O administrador trabalha em inmeros departamentos de uma organizao e responsvel pelo planejamento de estratgias, pelo gerenciamento do dia-a-dia da empresa e pela gesto de recursos financeiros, materiais e humanos. Veja a seguir alguns exemplos de reas de atuao do administrador:



  • ADM Financeira: anlise, assessoria financeira e controle de custos;

  • ADM da Produo: controle de produo e planejamento de produtos;

  • ADM de Materiais: logstica, compras, vendas;

  • ADM de Gesto de Pessoas: cargos e salrios, controle e coordenao de pessoal, interpretao de performances, locao de mo-de-obra;

  • ADM Mercadolgica: gesto de vendas, canais de distribuio, estudo e pesquisa de mercado e desenvolvimento de produtos


Devido grande dinmica da economia nacional e mundial, da poltica e da sociedade de hoje, com avanos e transformaes acontecendo constantemente e em uma grande velocidade, essencial que o administrador esteja sempre atualizado, em sintonia com os acontecimentos do mundo para que, avaliando a conjuntura econmica, social e poltica, saiba traar um plano de ao para a empresa.


O mercado de trabalho extremamente competitivo e quem estiver interessado em seguir a carreira de Administrao deve se preocupar em escolher uma boa instituio. Analise as informaes disponibilizadas nos sites atentando para: grade de disciplinas, carga horria total do curso (mnimo de 3.000 horas), coordenador do curso (experincia e formao acadmica), professores que ministram aulas, instalaes (laboratrios e biblioteca), dentre outras informaes. Agende uma visita instituio para verificar detalhes pessoalmente.


O mercado de trabalho est bastante aquecido para os Administradores, portanto uma carreira que est em alta e recompensa os bons profissionais. Existem sites como o do Conselho Regional de Administrao de So Paulo - CRA SP (http://www.crasp.com.br/) e o Conselho Federal de Administrao CFA (http://www.cfa.org.br), onde os interessados podem verificar inmeras informaes relevantes sobre a profisso como: mercado de trabalho, histria da profisso, Cdigo de tica do Profissional de Administrao (CEPA), campos de atuao do administrador, relao de todos os cursos de Administrao do Brasil e publicaes realizadas na rea da Administrao.

Arquitetura

A Arquitetura uma carreira que oferece um grande leque de oportunidades e reas de atuao, tendo segmentos nas reas de urbanismo e paisagismo. O profissional desta rea pode atuar como autnomo, free lancer , empregado em escritrios de arquitetura ou ainda como funcionrio pblico.



Entre as funes de um arquiteto podemos citar a elaborao de projetos de prdios, residncias, estabelecimentos comerciais e industriais, e outras obras como pontes e viadutos, levando em conta a esttica, a funcionalidade, a segurana, os custos e as necessidades do usurio, a atuao em reformas, arquitetura de interiores, desenho industrial e design grfico.



Na rea urbanstica, esse profissional responsvel pelo planejamento do uso do solo - traado de ruas, infra-estrutura urbana, transportes, saneamento, conjuntos habitacionais, poluio e preservao de bairros ou ncleos histricos - servindo de base para decises das prefeituras ou governos estaduais.



No Paisagismo, a rea de atuao gira em torno do planejamento de espaos pblicos, como parques e praas, ou particulares, como jardins residenciais. Nesse caso, o paisagista se envolve com o trabalho de criao e de manuteno.



Uma das reas que se revelam promissoras na atualidade a de arquitetura de interiores. Isso porque as grandes redes de bancos, agncias de telefonia e outras empresas solicitam muito o servio do arquiteto nessa rea a fim de manter uma identidade visual, uniformizando o estilo, as cores e o material empregado alm de racionalizar a ocupao dos edifcios e estabelecimentos.



A rea da arquitetura que se liga utilizao de novas tecnologias visando ao maior conforto da humanidade tambm se revela muito promissora. A solicitao de projetos de residncias em que quase tudo computadorizado (luzes acendem e apagam automaticamente, eletrodomsticos so ligados em um sistema central, etc.) tem aumentado consideravelmente. J a mo-de-obra especializada neste segmento est beira de no atender crescente demanda. Portanto, o profissional que optar por uma especializao nesse segmento, pode ter timas oportunidades pela frente.



Entre as caractersticas pessoais que um arquiteto deve ter podemos citar capacidade de comunicao, criatividade, habilidade manual e para o desenho, senso esttico, esprito inovador, senso prtico entre outras.

Direito

Direito uma carreira que, apesar de estar um pouco saturada, muito promissora para profissionais bem qualificados, isto , o aluno que sair da faculdade tem muitos caminhos a seguir. Dentro da profisso existe um leque de opes que o bacharel em direito pode escolher. Mas, em todas elas, vai encontrar um mercado muito competitivo, com diversos outros profissionais tentando conquistar espao.



O profissional de direito ir, basicamente, trabalhar com leis. A opo mais comum a de advogado. Como advogado, o bacharel em direito pode atuar em cinco grandes reas: direito pblico, penal, do trabalho, de empresas e privado. Essas grandes reas se subdividem em diversas especializaes, tais como: direito internacional, comercial, previdencirio, tributrio, administrativo, do consumidor, agrrio, civil, de famlia, entre outros. Para chegar a ser advogado, o bacharel em direito dever passar no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Alm disso, pode atuar prestando assessoria e consultoria jurdica a empresas, associaes, sindicatos, organismos governamentais e no-governamentais.



Alm de advogado, o bacharel em direito pode optar pelo magistrado e vir a ser promotor, juiz, delegado de polcia, procurador de justia ou defensor pblico. Para tais funes, necessrio passar em concurso pblico e ter no mnimo dois anos de formado.



Em qualquer das reas, o profissional de direito dever ter amplos conhecimentos de em filosofia, lgica, poltica e economia, domnio da lngua portuguesa, jargo do direito e da informtica, particularmente da Internet, fonte de consulta constantemente utilizada para se pesquisar grande parte da legislao brasileira e internacional.



O profissional de direito precisa ter capacidade de sntese e de organizao, disposio para ler (os processos geralmente so muito longos), boa memria, capacidade de convencimento, falar bem em pblico, entre outras qualificaes pessoais desejveis.



Na faculdade prepare-se para ler muito. As matrias iniciais dos cursos de Direito so Sociologia, Portugus, Filosofia, Teoria do Estado, Direito Civil e Comercial, Direito Romano, Introduo ao Estudo do Direito, entre outras.

Economia

Nos dias de hoje, com o amplo processo de globalizao e de interdependncia econmica entre os pases, em que uma crise econmica no mais um fato isolado, e tem repercusso em diversos lugares do globo, o economista torna-se um profissional imprescindvel, tanto para o governo quanto para as empresas privadas.



Entre as funes do economista esto a captao, interpretao e planejamento, feitos em cima de fatores econmicos (inflao, taxas de juro, desemprego, mudanas de moed as, crises econmicas, etc), e as anlises e projees do que pode acontecer a longo, mdio e curto prazo, para no ser pego de surpresa. Assim, o economista deve, atravs da anlise da conjuntura econmica, traar um caminho economicamente seguro pelo qual a empresa e/ou instituio deve seguir.



Por conviver com o mercado mundial, com as transformaes e crises econmicas e com a influncia das mudanas polticas e sociais sobre a economia, o economista deve estar sempre atualizado e em sintonia com essas transformaes, para que no tome atitudes erradas e leve a empresa e/ou instituio a um descontrole econmico. Algumas vezes, as anlises e decises de um economista podem ser o que separa o sucesso ou a falncia de uma empresa.



Quanto ao mercado de trabalho, um pouco restrito, mas com timas possibilidades para profissionais que tem boa formao e informao. Entre as reas em que o economista pode atuar podemos citar: oramento, finanas, anlise de investimentos e aplicaes financeiras, assessoramento econmico, educao e sade, bancos, bolsas de valores e mercado futuro, institutos de pesquisa, empresas de comrcio internacional, agroindstrias, empresas de seguros e entidades de classes. Planejamento e gesto financeira ou empresarial, estudos de pesquisa de mercado, ensino, treinamento e reciclagem profissional e elaborao de projetos de investimentos so atividades cada vez mais freqentes.



Por se relacionar muito com mercado internacional e por estar sempre consultando informaes a respeito da economia (taxas, juros, etc.), indispensvel que o economista tenha conhecimento de lngua estrangeira (pelo menos ingls) e informtica.



As matrias bsicas do curso de Economia so Clculo, Contabilidade, Administrao, Contabilidade Social, Introduo Economia e Introduo s Cincias Sociais.



As matrias exigidas na 2 fase da Fuvest so Portugus, Histria, Geografia e Matemtica.

Engenharia

A clssica profisso de engenheiro continua a seduzir muitos jovens. E no para menos, pois um engenheiro, alm de poder atuar em sua rea especfica, pode tambm trabalhar no mercado financeiro, consultorias, telecomunicaes, entre outros.



A engenharia oferece um grande leque de reas e oportunidades, podendo o engenheiro atuar em diversos ramos e empresas diferentes. Entre as reas que a engenharia oferece, temos a Engenharia Aeronutica, de Computao, Mecnica, Mecatrnica, de Produo e Qumica, s para citar as mais conhecidas.



O engenheiro deve ter conscincia de que o estudo no acaba com o final do curso. Devido grande velocidade da evoluo tecnolgica, com o surgimento e aprimoramento de meios de produo, comunicao, transporte, construo e outros, o engenheiro deve estar constantemente estudando e se atualizando, atravs de pesquisas ou de cursos, para que consiga acompanhar esse ritmo de evoluo tecnolgica e no se torne um profissional ultrapassado.



Aquela viso de que o engenheiro uma pessoa tmida, que no se comunica e nem se expressa muito bem est muito ultrapassada. O engenheiro de hoje deve ser extremamente dinmico, comunicativo e criativo, estando aberto para os conhecimentos de outras reas e em constante conexo com os acontecimentos do mundo.



Boa capacidade para trabalhar em grupo, interesse em melhorar e aprimorar conhecimentos e ampla viso empreendedora, no sentido de desenvolver e aprimorar tecnologias, so caractersticas muito valorizadas no mercado de trabalho alm de, claro, uma formao slida e forte.



Por isso, necessrio que as pessoas que tm interesse em seguir a carreira de engenharia tomem muito cuidado ao escolher a faculdade que iro cursar. essencial que a faculdade escolhida tenha uma boa imagem perante o mercado de trabalho.



As matrias iniciais de cursos de Engenharia so lgebra Linear, Fsica, Clculo, Qumica, Desenho para Engenharia, Computao e Introduo Engenharia.

Fisioterapia

A fisioterapia um exemplo de carreira que se adaptou rapidamente s mudanas da vida moderna. H menos de uma dcada, sua funo era primordialmente ajudar na reabilitao de doentes, idosos e crianas com problemas neurolgicos. Hoje caminha cada vez mais para a preveno de doenas e a melhoria da qualidade de vida.



Com essa adaptao da fisioterapia s novas necessidades da vida moderna, o mercado de trabalho para o profissional da rea se ampliou bastante. Entre as reas que se mostram extremamente promissoras temos a preveno e o tratamento das leses por esforos repetitivos (LER). Assim, o fisioterapeuta pode trabalhar junto a empresas para fazer um trabalho de preveno com os funcionrios, por meio de alongamentos e exerccios preventivos.



Outra rea que est sendo muito procurada a da reestruturao postural global (RPG). Tanto empresas como particulares procuram os servios do fisioterapeuta a fim de corrigir ou prevenir desvios na postura e problemas de coluna, to comuns na atualidade.



O esporte outro segmento com boas oportunidades porque atletas e equipes esto procurando o trabalho dos fisioterapeutas para manuteno da forma fsica e longevidade da atividade profissional, alm das recuperaes de fraturas e cirurgias. O atendimento domiciliar tem aumentado, mas em geral o fisioterapeuta trabalha em hospitais, clnicas, postos de sade, creches, universidades, academias e clubes.



O fisioterapeuta precisa conhecer o ser humano de maneira global - aspectos fsicos, psquico e social - pois deve estar atento sade do seu paciente integralmente. Esse profissional desenvolve tratamentos que unem recursos como gua, calor, tcnicas de movimentos e massagens para tratar cada problema, estimulando o paciente.



Em geral, o curso integral e inclui disciplinas como anatomia, biologia, fisiologia, hidtologia, formologia, psicologia, entre outras. A formao especfica traz massoterapia (massagens), termoterapia (calor e frio) e a cinesioterapia (movimentos). No ltimo ano h estgio obrigatrio em clnica ou hospital.

Jornalismo

Os ncoras e os reprteres dos jornais de TV deram uma imagem de glamour essa profisso. Por isso, muitas pessoas pretendem ser jornalistas para ter contato com pessoas famosas, conhecer o mundo inteiro, enfim, ter fama e prestgio. Mas a realidade um pouco diferente.



Ser jornalista, acima de tudo, ter um compromisso com a verdade de interesse pblico. ter compromisso com a prpria sociedade de tornar pblico os fatos e acontecimentos que a influenciam. Isso implica muita responsabilidade e trabalho duro.



A vida de jornalista no fcil. Muitas vezes, significa ter que seguir o estilo do jornal no qual voc est trabalhando, mesmo que isso signifique abrir mo de colocar na sua matria coisas que voc julga importante. Mas, ao mesmo tempo, uma profisso muito recompensadora, principalmente quando voc consegue mostrar algo que tem uma repercusso positiva na sociedade.



At algum tempo atrs, o mercado de trabalho para o jornalista estava muito restrito. Mesmo com o grande leque de reas na qual o jornalista podia trabalhar, as vagas eram muito limitadas. Mas, no final da dcada passada, com a exploso da Internet e dos grandes portais, que chegam a constituir redaes especficas para os contedos OnLine, o mercado quase dobrou de tamanho. E, agora, existe mercado suficiente para absorver os profissionais bem preparados.



Entre as reas nas quais o jornalista pode trabalhar, podemos citar os cargos de reprter, pauteiro (pauta do dia), editor, redator, revisor, fotgrafo, podendo trabalhar tanto em TV como em rdio, jornais, revistas e portais da Internet.



Outra rea que se mostra promissora na atualidade a de assessoria de imprensa, na qual o jornalista auxilia o contato entre empresas, pessoas ou instituies e a imprensa.



Uma atividade tradicional que ainda se mostra muito presente a de free-lancers, ou seja, profissionais que fazem trabalhos espordicos ou permanentes para uma empresa, mas sem vnculo empregatcio.



Entre as caractersticas pessoais que um jornalista deve ter, podemos citar: capacidade de comunicao e sntese, criatividade, curiosidade, esprito de investigao, capacidade de agir e pensar sobre presso, dinmica, honestidade, conscincia de compromisso social, entre outras.



As matrias iniciais do curso so Sociologia, Antropologia, Filosofia, Teoria da Comunicao, Planejamento Grfico e Lngua Portuguesa. As matrias especficas do curso, como a maioria das faculdades, so ministradas a partir do 3 ano.

Medicina

Quando o beb acorda chorando de madrugada a primeira pessoa para quem se liga o pediatra. Quando h um acidente com vtimas graves quem se chama? O mdico, que muitas vezes chega para auxiliar outros mdicos.



isso, vida de mdico no fcil, mas tambm traz suas recompensas. Segundo Ana Neife, formada pelo Colgio Etapa e fazendo a Residncia na Faculdade de Medicina da USP (Pinheiros), no h nada melhor do que poder curar uma pessoa. "Acho muito recompensador voc ver um paciente que chegou muito mal, que voc pegou l no comecinho, cuidou, fez tudo o que tinha de fazer e ele sair bem. Essa a maior recompensa que voc pode ter", diz Ana, que especializou-se em Obstetrcia (gravidez e parto).



O estudante de Medicina tem de fazer suas opes, como fez a Ana por Obstetrcia, em meio s inmeras qualificaes que um mdico pode escolher, entre elas esto: Cardiologia (corao); Dermatologia(pele), Infectologia (doenas infecciosas), Neurologia (sistema nervoso), Obstetrcia e Ginecologia(aparelho reprodutor feminino), Oftalmologia (olhos) e Otorrinolaringologia (ouvido, nariz, boca e garganta), Ortopedia e Traumatologia (ossos e msculos), Pneumologia (pulmes), Pediatria(crianas) e Psiquiatria (doenas mentais), apenas para citar algumas das mais de 40 existentes.



Entre as caractersticas pessoais que um mdico deve ter, podemos citar autoconfiana, autocontrole, capacidade de comunicao e de deciso, capacidade de pensar e agir sob presso, equilbrio emocional, pacincia, iniciativa, perseverana, vontade de ajudar o prximo, entre outras.



Medicina a carreira mais disputada do vestibular. No exame da Fuvest o ltimo colocado em Medicina tem nota para ser o primeiro colocado em 95% dos cursos oferecidos. Mas quem quiser seguir essa carreira deve estar ciente que o esforo no acaba no vestibular. Medicina um curso muito forte, que exige muita dedicao e muito estudo. Mesmo depois de formado, o mdico deve estar sempre estudando e se atualizando com as novas tcnicas que, muito rapidamente, vo surgindo.



As matrias iniciais do curso de Medicina so Anatomia, Biologia, Bioqumica, Fisiologia e Citologia.

Odontologia

A Odontologia uma rea que ainda atrai um grande nmero de pessoas - cerca de nove mil profissionais so diplomados a cada ano. Por esse motivo, o mercado de trabalho muito competitivo, principalmente nos grandes centros urbanos, onde o nmero de profissionais chega a exceder o recomendado pela OMS (Organizao Mundial de Sade). Porm, em estados como Amazonas, Acre e Rondnia, o nmero de dentistas muito inferior a esse recomendado.



Para quem deseja seguir essa carreira, a opo mais comum a de autnomo, trabalhando em seu prprio consultrio ou em clnicas em dentrias. Porm, vale lembrar que o custo inicial para se abrir um consultrio odontolgico muito elevado (pelo menos R$ 30 mil para a compra de equipamentos). Por esse motivo, os profissionais recm-formados costumam trabalhar como funcionrios em clnicas dentrias, ou como estagirios em consultrios odontolgicos.



Para os profissionais desta rea imprescindvel atualizar-se constantemente. Isso porque a cada dia surgem novas tecnologias, aparelhagens e materiais mais eficientes e tratamentos cada vez mais avanados.



Atualmente, uma forte tendncia da carreira a da especializao. Muitos profissionais esto procurando se especializar em uma das diversas reas que a Odontologia oferece conseguindo, assim, melhores chances para conseguir maior sucesso profissional. Entre as reas oferecidas, podemos citar a Ortodontia (correo de dentes por meio de aparelhos), a Periodontia (cuida das gengivas e ossos que sustentam os dentes), a Odontopediatria (cura e preveno de doenas bucais nas crianas), a Implantodontia (implante de prtese parciais e dentaduras no maxilar), entre outros.



Uma das reas mais promissoras a ligada esttica oral. Com o barateamento dos tratamentos, cada vez mais os profissionais dessa rea tm sido procurado (ortodontistas, implantodontistas, ente outros). Outro segmento que vem tomando destaque o da pesquisa e desenvolvimento de novas tcnicas e materiais, a fim de desenvolver novos tratamentos e aprimorar os tratamentos j existentes.



Entre as caractersticas pessoais que um profissional dessa era deve possuir, podemos citar a ateno a detalhes, boa coordenao motora, habilidade manual, capacidade de concentrao, perfeccionismo, mtodo, preocupao com higiene e gosto pelo estudo e pesquisa.

Psicologia

A Psicologia uma cincia relativamente nova (surgiu na segunda metade do sculo XIX) e se desenvolveu sobre vrias teorias divergentes, gerando um amplo conjunto de abordagens e tcnicas destinadas compreenso do indivduo e do seu comportamento, mantendo, muitas vezes, um dilogo produtivo com outras disciplinas, como a Biologia, a Sociologia e a Filosofia.



A funo bsica de um psiclogo garantir o bem-estar das pessoas. Para capacitar o graduando a realizar essa funo, os cursos de Psicologia geralmente orientam a formao do aluno em trs reas: clnica, escolar e organizacional.



Na rea clnica, o psiclogo presta atendimento teraputico a pessoas de todas as faixas etrias, individualmente ou a casais e a famlias. Vale lembrar que, nos grandes centros urbanos, h uma certa saturao na rea clnica voltada ao atendimento a pacientes em consultrios prprios. Nesse sentido, um caminho promissor trabalhar junto a equipes multidisciplinares em hospitais e clnicas mdicas, prestando atendimento aos pacientes e sua famlia. Dentro desta rea, o psiclogo pode ainda atuar prestando atendimento junto a presdios, orfanatos, creches e asilos - a chamada psicologia social.



Na psicologia escolar, o psiclogo atua junto a alunos, professores, diretores, funcionrios e pais, a fim de garantir a qualidade e o bom andamento do processo de ensino em escolas e uiversidades.



Na rea organizacional, o psiclogo trabalha em empresas, procurando garantir a satisfao do trabalhador e, consequentemente, aumentar a sua produtividade. Sua ao, em geral, comea j na seleo de pessoal, passa por programas de aprimoramento profissional e chega at a interveno psicossocial dentro da instituio. Essa rea uma das mais promissoras na atualidade. De acordo com informaes da Eigenheer Consultoria em Recursos Humanos, de So Paulo, de cada dez solicitaes de empresas-clientes para preencher vagas, duas so para psiclogo organizacional.



Entre as caractersticas pessoais que um profissional dessa rea deve possuir podemos citar autoconfiana, autocontrole, capacidade de anlise, de comunicao e de concentrao, interesse pela pesquisa e pelo estudo, interesse pela natureza humana, pacincia, senso tico, vontade de ajudar o prximo entre outras.

Publicidade

Muita gente pensa que o trabalho criativo das propagandas divulgadas em revistas, televiso e outdoors a nica atividade do profissional de publicidade e propaganda. Esto enganadas. As propagandas que vemos nos meios de comunicao so o resultado final de um amplo trabalho que no envolve s criao.



A funo bsica do profissional dessa rea vender o produto do seu cliente ou empregador, que pode ser uma mercadoria (indstria e comrcio), uma imagem (polticos e artistas) ou idias (partidos polticos). Para tal, o profissional de publi cidade e propaganda deve realizar um amplo trabalho que passa por diversas fases. Comea com um planejamento junto ao cliente, passando por pesquisas de opinio, definio de pblico-alvo, definio dos veculos que sero utilizados para divulgao e, por fim, aps a anlise desses e de outros fatores, chega-se finalmente ao trabalho de criao.



O mercado de trabalho para esse profissional, na atualidade, mostra-se muito promissor. Isso porque o aumento da concorrncia e da oferta de produtos no mercado, somadas grande entrada das multinacionais provocou um certo aquecimento do setor e uma maior solicitao dos servios do publicitrio.



O profissional de publicidade e propaganda pode trabalhar tanto para agncias, atuando com diversos clientes e produtos, quanto para empregadores fixos, atuando sempre com um mesmo cliente e produto. No geral, as ofertas de empregos em agncias so mais limitadas e, conseqentemente, as vagas so mais concorridas.



O mercado tambm se ampliou muito com a revoluo da Internet, havendo diversas contrataes na rea de publicidade on line. Mas essa uma rea que ainda est se estruturando, construindo um estilo prprio, visto que diferente, tanto em linguagem e recursos, quanto em pblico, dos meios de comunicao tradicionais. uma rea promissora visto que existem poucos profissionais especializados.



Entre as caractersticas pessoais que um publicitrio deve Ter, podemos citar: criatividade, capacidade de convencimento, capacidade de pensar e agir sobre presso, dinamismo, esprito competitivo, habilidade para trabalhar em equipe, ousadia, entre outras.



As matrias iniciais do curso de Publicidade so Sociologia, Antropologia, Filosofia, Psicologia do Consumidor, Mercadologia, Marketing e Comunicao Comparada.

Turismo

O turismo uma rea muito promissora, com um grande potencial de expanso e que, apesar dos baixos investimentos do governo, tem crescido consideravelmente. Mas ainda existe um grande espao para ele ser melhor explorado.



O setor de prestao de servios tem assumido a dianteira das atividades econmicas em quase todo o mundo. E o turismo, inserido nesse contexto, uma rea que se destaca pela grande possibilidade de expanso, principalmente aqui no Brasil, pas que tem enormes riquezas naturais e culturais. Alm disso, o turismo deveria ser melhor explorado por envolver e movimentar diversos ramos da economia ao mesmo tempo, como hotelaria, gastronomia e comrcio, por exemplo.


A funo de um profissional de turismo fazer o planejamento e a execuo de passeios tursticos e viagens. Isso implica em atuar desde o planejamento at o acompanhamento da viagem, passando por clculo de custos, organizao e etc. Por isso, quem pretende ser um profissional de turismo somente para viajar e conhecer o mundo, deve estar ciente que a profisso no s isso. H muito trabalho e muita responsabilidade para que o seu cliente fique satisfeito.



O profissional de turismo precisa ter uma ampla formao geral e sociocultural, conhecimentos em histria e geografia, domnio de lngua estrangeira (pelo menos duas) alm de ser dinmico, ter capacidade de liderana e carisma para falar em pblico. Ele pode atuar nos seguintes setores: convenes, eventos, tran sportes, hotelaria, companhias areas, rgos oficiais, empresas de marketing turstico, entre outros.



Entre as disciplinas que compe o curso de turismo, podemos citar metodologia de pesquisa, histria da cultura e da comunicao, direito e legislao, patrimnio cultural, museologia, poltica e administrao entre outras.

Veterinria

A maioria das pessoas associa a imagem do mdico veterinrio somente s clnicas veterinrias que tratam dos animais domsticos. Mas o campo de atuao desse profissional vai muito alm.



O mdico veterinrio responsvel por zelar pela sade de animais (domsticos ou no), aprimorar tcnicas de reproduo, controlar doenas infecto-contagiosas e zoonoses (doenas transmissveis aos homens, como raiva, toxoplasmose e leptosprose). Por isso, ele deve estar sempre atualizado sobre indstria farmacutica e conhecer as ltimas novidades tecnolgicas.



O campo de trabalho do mdico veterinrio se estende desde os centros urbanos (nas clnicas veterinrias que cuidam de animais domsticos) at as pequenas e grandes fazendas, onde cuidam de rebanhos, assegurando a sua sade, alimentao, reproduo e abatimento. Tambm nas indstrias alimentcias o veterinrio encontra um bom mercado visto que, hoje em dia, no h matria-prima de origem animal que se transforme em um produto sem passar pela sua aprovao.



Tambm a rea de pesquisa absorve parte desses profissionais, que atuam no desenvolvimento de vacinas, de novos medicamentos, de novas tcnicas de reproduo e de tratamento dos animais. A rea gentica tambm tem-se mostrado promissora atualmente, onde o mdico veterinrio pode trabalhar em conjunto com profissionais das reas de Zootecnia e Biologia, principalmente.



Entre as caractersticas pessoais que o veterinrio deve ter podemos citar capacidade de comunicao, capacidade de deciso, observao, gosto pela pesquisa, gosto por atividades ao ar livre e contato com a natureza, interesse pelas cincias e pacincia.



A durao do curso , em mdia, de cinco anos e as matrias iniciais so Introduo ao Estudo da Medicina Veterinria, Anatomia Descritiva dos Animais Domsticos , Biologia Celular, Biologia Tecidual e Embriologia, Bioqumica: Estrutura de Biomolculas e Metabolismo e Gentica e Evoluo.