Eventos

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Como escolher a melhor escola para o seu filho?

09 de Outubro de 2017

Por Priscila Gil Neto
apoiovest@oficinadoestudante.com.br

É nesta época do ano que as escolas abrem novas vagas e os pais iniciam a busca por uma nova escola ou para matricular os filhos pela primeira vez. Centenas de dúvidas cercam essas escolhas e as famílias ponderam, as mais diversas possibilidades desde as mais práticas como distância, até as mais relevantes como qualidade, passando por valores e método de ensino utilizados.

Algumas famílias optam por escolher uma escola que já conhecem ou que foram indicadas por familiares e amigos, mas a pergunta que fica é: como fazer a melhor escolha?

Em busca da resposta, é necessário abrir as portas de casa; observar os filhos e, acima de tudo, torná-los protagonistas do processo de escolha e não meros coadjuvantes.

Isso dará aos pais a possibilidade de ouvi-los e conhecê-los, pois, na ânsia de querer o melhor, esquecem-se de que os filhos têm desejos, e até mesmo limitações, e que devem sempre considerar que o que é melhor para uns não necessariamente é para os outros; inclusive entre irmãos.

Envolvê-los no processo de escolha garantirá que no futuro sejam pessoas independentes e autoconfiantes.

Para que essa jornada se torne mais tranquila, elencamos algumas dicas:

1. Embora a localização não seja o item mais importante na hora escolha, ela deve ser considerada pela família, principalmente para garantir conforto para aqueles que dependerão de transporte alternativo ou vans.

2. Escolha por uma escola que ofereça ao seu filho: ambientes saudáveis, boa alimentação, que ele possa desfrutar de todos os ambientes para ter boas horas de estudo.

3. Quando se tem mais de um filho, algumas famílias tendem a procurar e colocar os filhos na mesma escola. Embora não exista uma regra, fique sempre atento ao perfil educacional de seus filhos.

4. Nos dias de hoje escolher uma escola que ofereça segurança aos estudantes é muito importante. No futuro fará diferença ter regras bem definidas e limites estabelecidos para o crescimento moral e ético do estudante.

5. A importância de uma escola que visa a formação global do estudante vai além de um bom ensino; isso contribui para o desenvolvimento humano.

6. Opte por uma escola que tenha uma equipe de profissionais completa: coordenação, orientação pedagógica e apoio psicológico. Isso trará segurança e confiança tanto para o aluno como para a família.

7. Sabemos que passar em uma universidade pública requer muito esforço, dedicação e trabalho conjunto entre família, escola e aluno. Por isso, ter uma escola que valoriza o estudo é fundamental para o sucesso de seu filho.

8. Procure uma escola que trabalhe com material didático de qualidade e excelência; isso dará mais confiança na hora da escolha e mais segurança ao estudar.

9. O contato com a cultura e responsabilidade social também devem fazer parte do dia a dia do aluno. Uma escola que propicie isso, gera em seus alunos o desejo de replicar o que foi aprendido.

10. Leve sempre os filhos para conhecer as possíveis escolas. Esse é um processo de escolha mútua; afinal, é ele quem passará horas de seu dia nesse ambiente.

Conversem em família... pondere os desejos e anseios... e escolha um meio termo onde todos serão beneficiados. Não se esqueça de tirar todas as dúvidas; não tenha receio de perguntar nada, pois a partir desse processo que terá início a construção do projeto de vida escolar de seu filho.


Por Priscila Gil Neto
apoiovest@oficinadoestudante.com.br

É nesta época do ano que as escolas abrem novas vagas e os pais iniciam a busca por uma nova escola ou para matricular os filhos pela primeira vez. Centenas de dúvidas cercam essas escolhas e as famílias ponderam, as mais diversas possibilidades desde as mais práticas como distância, até as mais relevantes como qualidade, passando por valores e método de ensino utilizados.

Algumas famílias optam por escolher uma escola que já conhecem ou que foram indicadas por familiares e amigos, mas a pergunta que fica é: como fazer a melhor escolha?

Em busca da resposta, é necessário abrir as portas de casa; observar os filhos e, acima de tudo, torná-los protagonistas do processo de escolha e não meros coadjuvantes.

Isso dará aos pais a possibilidade de ouvi-los e conhecê-los, pois, na ânsia de querer o melhor, esquecem-se de que os filhos têm desejos, e até mesmo limitações, e que devem sempre considerar que o que é melhor para uns não necessariamente é para os outros; inclusive entre irmãos.

Envolvê-los no processo de escolha garantirá que no futuro sejam pessoas independentes e autoconfiantes.

Para que essa jornada se torne mais tranquila, elencamos algumas dicas:

1. Embora a localização não seja o item mais importante na hora escolha, ela deve ser considerada pela família, principalmente para garantir conforto para aqueles que dependerão de transporte alternativo ou vans.

2. Escolha por uma escola que ofereça ao seu filho: ambientes saudáveis, boa alimentação, que ele possa desfrutar de todos os ambientes para ter boas horas de estudo.

3. Quando se tem mais de um filho, algumas famílias tendem a procurar e colocar os filhos na mesma escola. Embora não exista uma regra, fique sempre atento ao perfil educacional de seus filhos.

4. Nos dias de hoje escolher uma escola que ofereça segurança aos estudantes é muito importante. No futuro fará diferença ter regras bem definidas e limites estabelecidos para o crescimento moral e ético do estudante.

5. A importância de uma escola que visa a formação global do estudante vai além de um bom ensino; isso contribui para o desenvolvimento humano.

6. Opte por uma escola que tenha uma equipe de profissionais completa: coordenação, orientação pedagógica e apoio psicológico. Isso trará segurança e confiança tanto para o aluno como para a família.

7. Sabemos que passar em uma universidade pública requer muito esforço, dedicação e trabalho conjunto entre família, escola e aluno. Por isso, ter uma escola que valoriza o estudo é fundamental para o sucesso de seu filho.

8. Procure uma escola que trabalhe com material didático de qualidade e excelência; isso dará mais confiança na hora da escolha e mais segurança ao estudar.

9. O contato com a cultura e responsabilidade social também devem fazer parte do dia a dia do aluno. Uma escola que propicie isso, gera em seus alunos o desejo de replicar o que foi aprendido.

10. Leve sempre os filhos para conhecer as possíveis escolas. Esse é um processo de escolha mútua; afinal, é ele quem passará horas de seu dia nesse ambiente.

Conversem em família... pondere os desejos e anseios... e escolha um meio termo onde todos serão beneficiados. Não se esqueça de tirar todas as dúvidas; não tenha receio de perguntar nada, pois a partir desse processo que terá início a construção do projeto de vida escolar de seu filho.